Bem-vindos

à FELIC

FEIRA VIRTUAL DO LIVRO DE CRATEÚS-CE

FEIRA VIRTUAL DO LIVRO DE CRATEÚS-CEARÁ

Desde os tempos mais remotos, sair da zona de conforto para desbravar o mundo sempre foi um anseio natural dos homens. Nosso pendor natural para a descoberta nos possibilitou chegar onde chegamos como civilização. Não nascemos para ficarmos isolados. Diante dessa realidade a FELIC , compromete-se movimentar positivamente a vida de nossos usuários , aproximando de forma segura e afastando de vez o estígma do Ostracismo , naveguem por toda a FELIC e comprovem que o nosso maior patrimônio são as experiências que vivemos.


Associar demandas, aliando o fomento da produção literária crateuense, ao estímulo da leitura, aproximando de vez o acesso da população ao fantástico mundo dos livros. Os caminhos da leitura, colidem sempre com a escassa oportunidade financeira, sendo a produção crateuense, uma ponte viável a esse grandioso acesso.

Naturalmente esta proposta é um caminho de via dupla, visto que, as dificuldades que autores crateuenses enfrentam para manter-se vivos num mercado cada dia menor e, diante as limitações profissionais impostas pela pandemia, deixando os livros aprisionados nas gavetas, impossibilitados de chegarem aos leitores.

Palestras ao vivo

MAGDALENA BARBERA- CONVERSANDO COM OS PAIS - 21/01 às 20h

LAURENTINO GONÇALO- Benefícios da leitura para saúde mental - 21/01 às 21h

ARIEL PULSZ- UM UNIVERSO DENTRO DE CADA UM DE NÓS - 22/01 às 20h

KARLO DAVID, "Memórias de um louco", desafios de traduzir Flaubert -22/01 às 21h

DIDEUS SALES - O CORDEL MOVIMENTO LITERÁRIO DO SERTÃO - 23/01 às 20h

LORENA SALES dos SANTOS- A defesa da escrita livre para uma literatura arte- 24/01 às 20h

HELAINNE THOMENY GIRÃO- EDITORA E LIVRARIA LIBERTATEM- 24/01 às 21H



Esperamos sua participação!

CONHEÇAM UM POUCO DA CIDADE DE CRATEÚS...

A Coluna da Hora;


Existem importantes cidades no mundo que possuem famosas torres de relógios, que logo se tornaram monumentos importantes no contexto histórico dos municípios que pertencem,

BIG BEN, Londres, Inglaterra;

Relógio do velho município (Staromestskae Radique), Praga, República Tcheca;

Torre de Sighisoara, Romênia;

Torre do Relógio, Izmir, Turquia;

Torre do Relógio do Cavaleiro de Ouro (Zytglogge), Berna Suíça;

Torre do Relógio de San Marco, Veneza, Itália;

Seguindo essa tendência mundial a cidade de Crateús, possui seu próprio monumento em reverência ao tempo, chamado de COLUNA DA HORA, monumento de utilidade pública feito quando o tempo não corria nos pulsos das pessoas e reflete como uma obra de arte referência na história da cidade, tornou-se um cartão postal do município e durante muito tempo regeu a hora dos demais relógios da população de Crateús, agindo como um maestro do tempo servindo de referência e regulando de forma austera, toda uma cidade.

Texto do livro : Viajar Ates do Pôr do Sol.



A COLUNA PRESTES,



Construído em homenagem aos 80 anos da passagem da Coluna Prestes por o município de Crateús, evento que ficou popularizado como “passagem dos revoltosos”, além de ser uma obra do saudoso arquiteto Oscar Niemeyer.

O monumento ostenta a presença da cidade na história política do Brasil.A Coluna Prestes foi um movimento político-militar brasileiro existente entre 1925 e 1927 ligado ao tenentismo, de insatisfação com a República velha. Objetivava: o voto secreto, o ensino público, a obrigatoriedade do ensino privado primário para toda a população.

Deslocou-se por o interior do país pregando reformas políticas e sociais combatendo o governo do então presidente Artur Bernardes e posteriormente Washington Luís.

A Coluna Prestes tinha como comandantes principal, (Miguel Costa, Luís Carlos Prestes, chefe do Estado Maior). Percorreu 25000 km durante 2 anos e meio, sendo concluída em 1927 na Bolívia.


Texto do Livro:Viajar Antes do Pôr do Sol.


Paróquia Imaculada Conceição,


A paróquia é uma bonita obra arquitetônica em estilo Neogótico, lembra a paços construídos no século XIX (paço palavra usada no século XIX como sinônimo a Palácio).

Tornou-se uma importante construção de Crateús, mas sua grandeza é considerada não apenas por a beleza de sua obra, mas também por o princípio básico de sua construção, a louvável atmosfera de união que contagiou toda a população da cidade, que utilizou como principal combustível a fé e, obteve um extraordinário resultado para contemplação, contrariando fatores financeiros, climáticos e humanos.

A obra foi iniciada aos 16/07/2006. O recurso maior foi sempre a fé, a generosidade e determinação da comunidade local.

A fé do povo de Deus, chamada por teólogos de “sensos Fidelum “ (senso da fé de fiéis) ”.

Dante Alighieri cita, “A fé é a substância de coisas esperadas e o argumento das que não aparecem; e isso me parece ser a essência da fé.”.

Texto do Livro : Viajar Antes do Pôr do Sol.


APOIO CULTURAL: